Mudanças na forma de cálculo do salário geram insegurança na categoria

Temos recebido constantes reclamações dos Servidores a respeito de seus pagamentos. É triste constatar a cada mês um novo ônus ao trabalhador. Em julho, por exemplo, a Prefeitura alegou erro no pagamento do Adicional de Tempo de Serviço (ATS). E, sem comunicar o Servidor, adotou nova forma de cálculo, e com essa medida trouxe grande perda aos trabalhadores. Antes disso, mudou o programa interno (web) e no holerite fornecido ao funcionalismo faltavam dados. Por fim, também resolveu parametrizar a folha e alterou o provento dos horistas aplicando uma média – algo nunca feito – ou seja, não é possível saber o valor exato o qual o Servidor tem de receber.

Uma proposta para minimizar a situação foi divulgar de forma antecipada os holerites, algo solicitado pelo Sindicato já há algum tempo. No entanto, salientamos que a medida não será nada efetiva, se a cada pagamento a Administração resolver alterar alguma sistemática ou a forma de cálculo. Repudiamos tal prática e ressaltamos a importância da transparência nas ações e participação constante do STSPMP em medidas com impacto direto no Servidor.

FORNECIMENTO DO HOLERITE

Os Servidores recebem no último dia do mês (30), mas essa data pode ser antecipada por diversos motivos como finais de semana e feriados. A partir de setembro, os holerites passarão a ficar disponíveis um dia antes do depósito ser realizado. Neste exemplo, 29. Situações como a ocorrida agora em agosto, com depósito realizado na sexta (27), o fornecimento do documento também acompanhará a antecipação e vai ocorrer sempre antes de ser feito o depósito por parte da Prefeitura.

Desta forma, nós saudamos a iniciativa do DRH em atender essa reivindicação do Sindicato, mas reforçamos que nos manteremos firmes para acompanhar de perto a situação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×