Desconto de valores indevidos ao Pauliprev gera incertezas. Sindicato cobra explicações do Governo

Ouça a matéria!

 

Após o fechamento do último holerite, apuramos redução expressiva no valor descontado a título de Previdência. Ao buscarmos informações junto ao Pauliprev (Instituto de Previdência dos Funcionários Públicos do Município de Paulínia), foi informado tratar-se de recursos recolhidos indevidamente a maior. Ou seja, supostamente alcançaram verbas que não entram na base de cálculos da aposentadoria. Porém, a Administração não emitiu nenhuma comunicado oficial  e o STSPMP cobra explicações da Prefeitura.

Sem um comunicado OFICIAL sobre o tema, entende-se existir recolhimento indevido de valores nos vencimentos dos Servidores. Nestas condições, com o intuito de obter dados precisos e detalhados, requeremos, através do ofício nº 52/2022, detalhes da situação para análise das viabilidades jurídicas a serem adotadas pela entidade. Nosso presidente Rodrigo Jacquet protocolou documento e solicitou urgência no posicionamento do Governo.

🧐 QUESTIONAMENTOS À PREFEITURA

☑️ Quais os segmentos ou secretarias foram afetados com essa redução no recolhimento previdenciário?
☑️ Quantos Servidores estão envolvidos?
☑️ Desde quando (data exata) ocorrem os recolhimento indevidos à título de previdência?
☑️ Sobre quais verbas/rubricas houve recolhimento a maior?
☑️ Esse recolhimento a maior realizado pelo Executivo foi totalmente repassado ao Pauliprev?
☑️ Caso não tenha ocorrido o repasse ao Pauliprev, qual é o motivo?
☑️ Existe algum procedimento interno ou decisão sobre a devolução aos Servidores dos valores recolhidos a maior pela Prefeitura?
☑️ Existe algum prejuízo aos Servidores?

Quando tivermos um retorno iremos compartilhar com os trabalhadores. Exigimos os apontamentos por escrito. Afinal, se existiu um erro temos o direito de saber como foi solucionado, quais as partes envolvidas e se houve prejuízo ao funcionalismo.

CLIQUE AQUI E LEIA O DOCUMENTO NA ÍNTEGRA

LEIA TAMBÉM

CIPA 2022 | Cronograma FINAL é fechado e inscrições começam dia 3

Mais uma atuação eficiente do Jurídico do Sindicato faz a diferença na vida do Servidor de Paulínia. Após uma luta intensa, na qual contamos com a intermediação do Ministério Público do Trabalho (MPT), recebemos o cronograma FINAL de implantação da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes). Por conta do calendário eleitoral brasileiro, a fim de evitar conflitos, as inscrições começam dia 3 de outubro e a votação no final de novembro… confira na íntegra

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

×