STSPMP defende o Estado Democrático de Direito e convoca Servidores para atos e assinaturas do manifesto online!

O STSPMP atua na defesa da democracia e conclama todos os Servidores a adotarem o mesmo posicionamento. Não ficaremos calados diante de sucessivos ataques promovidas pela extrema direita contra as urnas eletrônicas e o sistema eleitoral brasileiro. BASTA DE RETROCESSOS! Nosso Sindicato fortalece a luta da Faculdade de Direito da USP que lançou a publicação “Carta às Brasileiras e Brasileiros em defesa do Estado Democrático de Direito!”. A iniciativa já conta com mais de 800 mil assinaturas.

O texto é inspirado na “Carta aos Brasileiros”, de agosto de 1977, lida em público pelo Professor Goffredo Telles Júnior, na ocasião dos 150 anos de criação dos cursos jurídicos no País. O documento denunciava o caráter ilegítimo da Ditadura Militar e os abusos cometidos sob o regime, reivindicando o retorno ao Estado de Direito e a convocação de uma Assembleia Nacional Constituinte.

🚩 COMPROMISSO

A carta atual reafirma o compromisso com a democracia manifestado em 1977 e celebra as conquistas da Constituição Federal de 1988. Porém, o manifesto adverte que, com os ataques desferidos contra o sistema eleitoral do Brasil, elas estão em risco.

São intoleráveis as ameaças aos demais poderes e setores da sociedade civil e a incitação à violência e à ruptura da ordem constitucional. Assistimos recentemente a desvarios autoritários que puseram em risco a secular democracia norte-americana. Lá, as tentativas de desestabilizar a democracia e a confiança do povo na lisura das eleições não tiveram êxito, aqui também não terão”, afirma o texto.

🔥 ATOS EM CAMPINAS E SÃO PAULO

Dia 11 de agosto, às 10 horas, no Largo do Rosário, em Campinas, será realizado grande ato em defesa da democracia e por eleições livres. Levem suas faixas, cartazes e bandeiras. Se preferir, também pode confeccionar materiais no local. Em São Paulo, às 9 e às 17 horas, os atos serão realizados em frente ao MASP, na Avenida Paulista. 

✍🏼 CLIQUE AQUI E ASSINE A CARTA 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

×